Escolas e universidades escapam da crise com inovação e gestão

 
A rápida expansão do ensino superior privado levou a um volume recorde de investimentos em fusões e aquisições em 2014. Agora,  grupos educacionais  se adaptam à nova realidade econômica e à diminuição de concessões via Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que teve queda de 57% no número de novos contratos.

Conglomerados que abriram seu capital continuam a reportar números positivos, mas a busca de alternativas como o financiamento privado para os alunos dá o tom. Outro caminho é o ensino à distância, mais barato.

Enquanto isso, escolas públicas mostram que a aposta em gestão, que não necessariamente está ligada a grandes investimentos, pode levar a ótimos resultados nos exames nacionais  de avaliação, mesmo em comunidades de baixa renda. Levantamento exclusivo feito pela Folha mapeou essas ilhas de excelência.

Dos 10 melhores colégios públicos de grande porte no país que atendem alunos de baixa renda, 7 estão em Sobral  (CE). Entre as cidades com mais de 500 mil habitantes, Joinville  tem os melhores resultados em alfabetização. E Itápolis (SP) e o Estado de Goiás mostram os efeitos do planejamento.

Fonte: Folha de São Paulo

DESCONHECIDO. Escolas e universidades escapam da crise com novação e gestão. 2015. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/11/1704926-escolas-e-universidades-escapam-da-crise-com-inovacao-e- gestao.shtml>. Acesso em: 21 dez. 2015.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.